Desvendamos mitos e verdades sobre a cerveja

Não caia no “conto da carochinha”. O portal Barbearia Digital procurou um especialista para esclarecer todas as suas dúvidas sobre cerveja

Barbershop
Data: 30 de setembro de 2016
arte-barbearia-digital-053

Ela é paixão nacional, aliás, internacional. O que muda são os modos de apreciação. Quer um exemplo? Por aqui, em território brasileiro, é difícil imaginar você tomando uma cerveja quente. Porém, lá na Alemanha é hábito. Acredita-se que saborear o líquido em temperatura ambiente é uma das melhores formas de conferir suas qualidades.

 

Diante de tanta apreciação [e consumo] acabam surgindo crendices, daquelas contadas em mesa de bar. Algumas mais parecem o “conto da carochinha”, mas há quem defenda.

 

Para acabar de uma vez por todas com os mitos em torno “líquido dourado” o portal Barbearia Digital conversou com o sommelier de cervejas Daniel Wolff, e aproveitou toda a sua experiência como diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com para esclarecer as dúvidas dos nossos leitores.

 

Confere:

 

Barbeiro Digital