Vida sexual ativa garante benefícios para a saúde

O sexo proporciona uma melhora significativa na qualidade emocional e física. E esse não é papo de conquistador

Saúde
Data: 23 de janeiro de 2019
Capa sexo

Ao longo da sua existência você já deve ter escutado a máxima “sexo é vida”. Acreditou? Sim. Especialistas em saúde do homem afirmam que ela é verdadeira! E não estamos falando apenas sobre os efeitos que o prazer pode trazer ao ego. Estar em dia com o fator sexual é causa importante na manutenção da saúde e da qualidade de vida. “Além de proporcionar prazer e melhorar o humor, a vida sexual ativa pode resultar em uma série de benefícios à vitalidade do corpo”, explica Emilio Sebe Filho, urologista especializado em rins, próstata e prótese, durante entrevista exclusiva ao portal Barbearia Digital.

 

Mas, afinal, o que significa vida sexual ativa? Este conceito se resume somente ao número de transas realizadas ao longo da vida? Emílio Sebe Filho, que também é fundador da rede de clínicas Lifemen, afirma que não. “A masturbação enquadra-se sim, como atividade sexual ativa, porém, a ereção é fator determinante para a prática e, consequentemente, para os benefícios que o sexo traz ao corpo”, esclarece o médico.

 

Neste caso outra famosa máxima não pode ser aplicada. Aquela que afirma que “tudo demais é veneno”. Segundo o Dr. Emílio Sebe Filho, a prática sexual excessiva não é prejudicial à saúde. “A abundância de relações sexuais pode provocar dores físicas, ardência nos órgãos genitais e desconforto. Isso se deve pelo atrito capaz de gerar pequenas lesões na pele, e não pelo número de relações em si”, exemplificou o especialista. Mas, Dr. Sebe Filho também alerta para situações onde pode haver a recomendação de abstinência sexual. “Alguns homens podem apresentar um esperma mais escuro, com uma cor mais marrom ou avermelhada. Isso acontece em uma condição chamada de hematospermia, quando há sangue no líquido seminal. Essa condição não é grave, mas se a causa for a prática sexual excessiva, o tratamento é feito com repouso e abstinência de sexo.”

 

Foto 1 Sexo

Convicto dos benefícios, Dr. Emílio Sebe Filho apresentou verdadeiros presentes do sexo para as nossas vidas. Confere:

 

Melhora o estresse

A atividade sexual é capaz de reduzir os níveis de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse. A liberação de dopamina e endorfina no organismo durante o sexo também aumenta a sensação de prazer e bem-estar, além de diminuir o nível de ansiedade.

 

Sono com mais qualidade

O sexo favorece uma boa noite de sono porque após o orgasmo o corpo libera ocitocina e prolactina, hormônios relacionados às sensações de amor e relaxamento. “Essa reação provocada pelo orgasmo tem efeito prolongado devido às funções neurotransmissoras que agem no organismo”, explica o especialista.

 

Previne problemas cardíacos

A prática regular de sexo pode reduzir os riscos de ataques cardíacos, pois melhora o fluxo sanguíneo e a circulação. O ato sexual pode ser comparado à um exercício físico moderado, já que há aumento nos batimentos cardíacos e na pressão arterial, garante o médico.

 

E para não restar nenhuma dúvida, mais uma informação: os benefícios do sexo são observados em todas as faixas etárias, a partir do início de vida sexual. Portanto, vida longa!

Barbeiro Digital