E o sertão vai virar gramado

Foi-se o tempo em que, quando o assunto era esporte, futebol era a única paixão brasileira. Para além da bola nos pés, é com as mãos que o rugby, outra herança dos ingleses, tem conquistado espaço no cenário nacional.

Esporte
Data: 9 de setembro de 2015
O vencedor do Campeonato Nordestino de Rugby (o Nordestão) ganha vaga na Copa do Brasil de Rugby.

Mas se engana quem pensa que o rugby é coisa nova por aqui. Esse esporte aportou em terras tupiniquins no final do século XIX, na mesma época em que o próprio futebol chegou. Hoje, o Brasil possui a própria entidade para cuidar do esporte, a Confederação Brasileira de Rugby.

 

E no Nordeste?

No cenário regional, o Ceará é o estado com mais times de rugby, são 8 times ativos na Terra do sol. Entre as equipes, está o Sertões Rugby Clube, time que, em 2012, alcançou o terceiro lugar na Liga Nordeste de Rugby XV, o Campeonato Nordestino de Rugby, também chamado de Nordestão.

 

Vai crescer?

Com competições regionais e nacionais (como o Campeonato Brasileiro de Rugby), é de se perguntar por que esse esporte ainda não é tão popular quanto o futebol, por exemplo, ficando quase sempre restrito àqueles que já praticam o esporte ou conheceram por acaso.

Erlon Charles, responsável pela comunicação externa do Centuriões Rugby Clube e atleta do mesmo time, diz que o esporte tem muito potencial de crescimento, mas falta investimento.“Infelizmente, tem uma dificuldade em mostrar esse potencial de crescimento para as empresas”.

Apesar das dificuldades, Erlon segue confiante na busca de novos caminhos para o rugby no Ceará, por meio de seu trabalho na Federação Cearense de Rugby. “O interior é a base do desenvolvimento do esporte, o interior estando bem desenvolvido, a capital vai precisar se organizar muito bem”, afirma.

 

Futuro

Metro a metro, o rugby tem trilhado seu caminho e é um dos esportes que mais cresce no Brasil e no mundo. Prova disso é a volta desse esporte aos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, em 2016, depois de quase um século de ausência, na modalidade Sevens, a que é jogada com equipes de sete jogadores.

Fica a dica da Barbearia Digital de um esporte para acompanhar nas Olimpíadas. Alguém vai ter coragem de perder esse retorno?

Barbeiro Digital