O M1TO se despede

Depois de 25 anos no Tricolor Paulista, o goleiro Rogério Ceni se despede dos campos, entre os reservas, no último jogo do Campeonato Brasileiro 2015

Esporte
Data: 6 de dezembro de 2015
Créditos: Reprodução/Internet

É isso, acabou… Na tarde de hoje, o São Paulo Futebol Clube entra campo contra o Goiás, no Serra Dourada, pela última rodada do Campeonato Brasileiro 2015. O time paulista busca uma vitória para garantir uma vaga na Libertadores 2016 e, além disso, se despede de um dos maiores ídolos de sua história.

Aos 42 anos, 25 deles vividos no São Paulo, Rogério Ceni finalmente (e infelizmente) pendura as chuteiras e as luvas. A má notícia é que o goleiro-artilheiro, ainda se recuperando de lesão, vai se despedir de fora.

 

Créditos: Reprodução/Internet

Créditos: Reprodução/Internet

 

“Seria muito egoísmo da minha parte tomar uma decisão de estar em campo sem ter o mínimo de condição e sem poder oferecer o que o Denis e o Renan podem oferecer”, afirmou o goleiro, que não joga desde o dia 28 de outubro e confessou ter chorado com a aproximação do último jogo oficial.

Com 129 gols marcados na carreira (números da FIFA), o goleiro de todos os recordes se despede dos jogos oficiais, após 22 anos como titular do time do Morumbi. Para alegria da torcida e dos amantes do bom futebol, ele volta a campo na sexta (11), para um jogo de despedida.

 

Créditos: Reprodução/Internet

Créditos: Reprodução/Internet

 

Não existem palavras para definir o que Ceni representa não só na história do São Paulo, mas também do futebol, resta curtir os últimos momentos da excepcional carreira de um mito, uma lenda, e matar as saudades com os vídeos de todos os momentos que ele já proporcionou.

 

Barbeiro Digital