Que tal jogar futebol e estudar nos EUA?

Já pensou estudar e treinar em um time de futebol em uma universidade norte-americana... com uma bolsa de estudos? Confira a oportunidade proporcionada pela Amaze Sports!

Esporte
Data: 17 de maio de 2016
[Créditos: Reprodução/Internet]

Quase todo homem já teve, geralmente na infância, um grande sonho de ser jogador de futebol, enquanto os pais diziam que o importante mesmo era estudar “para ser alguém na vida”.

Para muitos, o sonho evolui, perpassa o próprio tempo e vira desejo de vida, profissão desejada. Para alguns, até que dá muito certo, mesmo que, para muitos dos pais, investir muito no futebol signifique investir pouco nos estudos.

Mas e se for possível para você conciliar e fazer os dois sem prejudicar nenhum? Melhor ainda, unir o estudo ao futebol e, aos dois, a oportunidade de fazer um intercâmbio, com bolsa, e estudar em uma universidade norte-americana?

 

 

Oportunidade

 

A Amaze Sports, empresa especializada em intercâmbio esportivo [do grupo CI – Intercâmbio e Viagem], está oferecendo bolsas esportivas para quem topa o desafio e deseja a oportunidade de estudar em uma universidade norte-americana e, ainda, treinar futebol.

Com inscrições pelo site até o dia 20 de maio, por R$ 199, as seletivas acontecem em Campinas [SP] em 31 de junho e incluem prova de aptidão técnica em campo.

Ao fim da primeira etapa, as famílias dos candidatos selecionados por uma equipe especializada receberão a visita de um consultor da Amaze.

Por fim, a última etapa do processo se resume à produção de um vídeo do atleta/estudante, com entrevistas e relatos, que será enviado, sob responsabilidade da empresa, às universidades nos Estados Unidos.

“Esses recursos ajudam a custear os estudos, além dos gastos com alimentação e acomodação. É uma chance única de unir a paixão pelo esporte com a vida acadêmica”, conta Marcio Della Volpe, diretor da Amaze.

 

 

Bolsas

 

As bolsas, que podem ser parciais ou integrais, são para homens com idades entre 17 e 25 anos, ensino médio completo, nível de inglês intermediário ou avançado, habilidade técnica como jogador e, claro, interesse em estudar e treinar fora do país.

Marcio Della Volpe ainda garante que as instituições que vão receber os estudantes e atletas brasileiros são de qualidade e alto nível competitivo, mas ressalta: “Como os jovens farão parte dos times dessas instituições, os benefícios dependem da aptidão física de cada atleta“.

Está lançado o desafio! Quem topa?

 

 

Serviço:

 

Inscrições até: até 20 de maio.

Custo da inscrição: R$199,00

Mais informações: (19) 3754-5100 [Campinas] ou (11) 3469-0460 [São Paulo]

Barbeiro Digital