Quem leva o Puskas 2016?

Estreante, Marlone disputa o prêmio com Messi e Neymar. Confira os outros que disputam o prêmio de gol mais bonito

Esporte
Data: 23 de novembro de 2016
arte-barbearia-digital-06

Copa da Libertadores. Arena de Itaquera, em São Paulo. 20 de abril de 2016. Embora o objetivo seja sempre fazer o melhor e marcar os melhores gols, o meia Marlone nem imaginava que daquela partida sairia o gol que iria indicá-lo ao prêmio Puskas de gol mais bonito.

 

A partida em si já foi uma festa. Aliás, uma goleada! Corinthians venceu o Cobresal por 6 a 0.

 

Em um dos gols, o lateral Edílson arrancou pela direita cruzou para Marlone, na risca da grande área, que dominou a bola no peito e, de voleio, fez um golaço. O terceiro daquela goleada.

 

Mas a vitória do estreante Marlone não será fácil. O meia concorre ao prêmio com os feras já consagrados Messi e Neymar.

 

Messi foi indicado pelo golaço de falta marcado pela Argentina contra os Estados Unidos durante a Copa América Centenário, em julho deste ano, na casa do adversário. Já Neymar entrou na disputa devido o gol marcado pelo Barcelona sobre o Villarreal, quando deu um chapéu de chaleira em um adversário antes de completar para o gol.

 

 

o-premio

 

 

O prêmio

 

Anualmente o prêmio celebra os gols mais bonitos do mundo. Este ano as marcações escolhidas ocorreram entre 30 de setembro de 2015 a 30 de setembro de 2016. O vencedor será escolhido por meio de voto popular através do site da Fifa.  A votação fica aberta até o próximo dia 2 dezembroO vencedor será conhecido ainda em janeiro,  durante a premiação da Fifa.

 

Dois brasileiros já venceram o prêmio dado pela Fifa. Neymar levou em 2011 [pelo gol marcado pelo Santos contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro daquele ano] e Wendell Lira, vencedor de 2015.

 

Cristiano Ronaldo [Manchester United], Altintop [Turquia], Miroslav Stoch [Fenerbahce], Ibrahimovic [Suécia] e James Rodríguez [Colômbia] foram outros vencedores.

 

Barbeiro Digital