A volta do bigode

Para caprichar no visual ou para aderir a uma boa causa. O bigode está de volta e nós te ensinamos a usar e caprichar no estilo

Estilo
Data: 6 de outubro de 2016
arte-barbearia-digital-05

Dizem que ele é uma alusão aos povos bárbaros. Nos anos 70 se tornou ícone gay graças a nomes como Village People e Freddie Mercury, porém, sempre foi sinônimo de masculinidade [convenhamos: mulher de bigode não fica legal!]. E acredite: ele [o bigode] está de volta!

O “moustache” que ganhou adeptos em 2016 vem casado com a barba e aposta em um estilo que estabelece bigode com mais volume, mais cheio; e a barba mais rala.

Para chegar nesse resultado o caminho é fácil. O segredo é aparar a barba com uma máquina e sua variação de pentes, passando o 1 em toda a região da barba e deixando o bigode no 3, para um efeito mais leve. Na ausência da máquina, utilize a tesoura mesmo, cortando e dando forma ao bigode.

 

foto-1

 

 

Mais estilo e boa causa

Em novembro nos unimos em torno do movimento “Movember” [junção de moustache – bigode” em inglês – November – “Novembro” em inglês]. A campanha visa chamar atenção para as doenças que afetam a saúde do homem e são umas das responsáveis pelo grande número de óbitos entre nós.

O objetivo é claro: conscientizar para a prevenção e diagnóstico precoce de doenças como o câncer de próstata, por exemplo. Porém, isso é feito como muito estilo! Para abraçar a campanha marmanjos do mundo inteiro capricham no visual e ostentam o famoso bigode “handlebar”, aquele famoso e cheio de estilo, com pontas levantadas.

Quer apostar no visual e deixar o bigode pronto para aderir ao Movember? Te indicamos o passo-a-passo:

 

foto-2

 

Barbeiro Digital