Homem. Arte. Vida: Lindebergue Fernandes no DFB

Antes de apresentar sua coleção autoral na passarela o estilista, famoso pelo talento e dedicação à moda masculina, recebe o portal Barbearia Digital

Estilo
Data: 4 de maio de 2016
arte barbearia digital - DRAGÃO F

Há alguns anos atrás Lindebergue Fernandes surgiu na vida em um distrito de Cedro, município cearense há 420 km de Fortaleza. Mas foi há 20 anos que “Lili” [assim chamado por 99% das pessoas que convivem com ele] surgiu na moda.

Seu aparecimento na vida de críticos e consumidores da moda conceitual, portanto, é mais recente, tem 16 anos, e aconteceu, justamente, na segunda edição do Concurso Novos Talentos, anualmente realizado pela organização do Dragão Fashion Brasil – DFB –, maior evento de moda autoral do país, que começa hoje [04] e segue até o próximo sábado [07], no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza.

Do surgimento, quando desfilou como vencedor, até hoje, que ocupa o posto de estilista convidado do evento, foram muitos quilômetros de tecido e poesia. A lírica poética é uma das marcas do estilista que possui a habilidade de contar histórias através das roupas, fato que o tornou um dos “queridinhos” da crítica, da imprensa, do público. Nosso!

Lindebergue Fernandes é “Homem. Arte. Vida”, tema da nossa cobertura da 17ª edição do DFB.

Concentrado, riso fácil e gentil, sempre. Foi assim que o estilista cearense recebeu o portal Barbearia Digital semana passada, quando preparava os últimos ajustes das peças que irá apresentar hoje na passarela do DFB.

 

Sereno o estilista participa dos últimos ajustes das peças que contarão com o Patchwork do Ateliê Betina Gauche reaproveitando tecidos 100% algodão.

Sereno, o estilista participa dos últimos ajustes das peças que contarão com o Patchwork do Ateliê Betina Gauche reaproveitando tecidos 100% algodão.

 

 

Lili na Barbearia e no Dragão

 

Uma coleção inspirada nas andanças aleatórias do olhar de Lindebergue que, certo dia, descobriu que Virgulino Ferreira [o Lampião] tinha como ícone de vida e de estilo um imperador francês chamado Napoleão Bonaparte. Foi viajando pelas veredas imaginárias que levaram Lampião aos salões imperiais da França que Lili descobriu analogias andrógenas do vestir, adotados e subvertidos pelo bando de Lampião de forma inocente e orgânica.

Nos espaços visitados pelo portal Barbearia Digital observamos a construção de peças que são confeccionadas com o mesmo afinco de quem constrói sonhos, com o mesmo amor de quem produz poesia. E nenhuma fantasia de um dos bandos cangaceiros mais famosos do mundo.

Lampião está lá, no sopro inicial da coleção, mas de forma quase espiritual. Não espere fantasia de cangaceiro e de Maria Bonita. A ideia era ir além, colocando o cangaço como palco de resistência e luta”, revela o estilista convidando para seu palco passarela, que acontece hoje, encerrando o primeiro dia do evento que, nesta edição, traz o tema Sangue Latino”, promovendo uma verdadeira interação entre as artesanias dos países latino americanos.

 

Entre uma montagem e outra o estilista atende a imprensa ansiosa pelo seu desfile que já se tornou um dos mais aguardados do Dragão Fashion Brasil.

Entre uma montagem e outra o estilista atende a imprensa ansiosa pelo seu desfile que já se tornou um dos mais aguardados do Dragão Fashion Brasil.

 

Os detalhes do desfile de Lindebergue Fernandes e todas as outras participações masculinas do Dragão fashion Brasil você acompanha aqui, no portal Barbearia Digital.

Barbeiro Digital