Sentimos na pele: novos produtos Natura Ekos para homens

Testamos o primeiro óleo de barbear do Brasil. A linha é composta, ainda, por sabonete em barra, bálsamo pós-barba e desodorante colônia

Estilo
Data: 15 de março de 2016
[Créditos: Arte/Barbearia Digital]

Ganhamos a atenção do mercado cosmético. Não há como negar! Na verdade há o que se comemorar. Segundo recente pesquisa da Euromonitor, o Brasil ocupa a segunda posição no mundo em vendas de produtos de cuidados pessoais para os homens, perdendo apenas para os Estados Unidos.

As lâminas de barbear ainda são os produtos mais consumidos [51% do mix], seguidas pelos desodorantes [41% do mix]. Mas a oferta é crescente e produtos antes fabricados somente no exterior ganham a atenção das marcas nacionais e o selo brasileiro de qualidade.

Caso da Natura, por exemplo, que após consolidar no mercado sua linha Natura Ekos deu mais um passo e acertou [em cheio] nosso cotidiano “barbado”, lançando o primeiro óleo de barbear do Brasil.

A linha, que busca matéria prima natural para suas composições, apostou no fenômeno Copaíba [veja benefícios na imagem] para a sua produção masculina.

Segundo Lara Mereu, responsável pela criação e desenvolvimento dos produtos,“a extração do óleo é feita por meio de uma incisão profunda no tronco da árvore, que deve ter entre 30 e 40 anos de idade, e, para um manejo sustentável, é necessário que haja um intervalo de aproximadamente quatro anos entre uma extração e outra”.

Matéria prima em mãos surgem, portanto, Sabonete em Barra, Óleo de Barbear, Bálsamo Pós-Barba e Desodorante Colônia.

 

arte barbearia digital - COPAÍBA

 

 

Sentindo na Pele

 

O portal Barbearia Digital testou durante 30 dias, com ritual de barbear diário, os produtos da linha Natura Ekos Copaíba com o objetivo de analisar os benefícios e desvantagens [ver #Experience do editor] de substituir as tradicionais espumas de barbear pelo óleo, que já ganhou espaço no cotidiano dos homens mundo à fora.   

Aproveitamos o embalo e testamos todos os outros produtos da linha. Certificamos como o primeiro ponto favorável a fragrância [vai dizer que você não cheira os produtos antes de usá-los?]. O aroma cítrico em combinação com o amadeirado, ao mesmo tempo suave, combina perfeitamente com a rotina diurna do homem dos climas tropicais.

Se você é acostumado a rechear o rosto de uma espuma que mais lembra chantilly cobrindo um bolo, certamente, irá estranhar a textura do óleo, mas, de fato, é perceptível uma maior facilidade no deslizar da lâmina pelo rosto, diminuindo a probabilidade de cortes e irritações [o que todos nós queremos]. Ainda assim lamentamos a pouquíssima espuma produzida.

Já o Bálsamo Pós-Barba completa a sensação de frescor causada pelo efeito dermocalmante da Copaíba. A textura em gel espalha fácil pela pele, e o melhor: deixando o rosto livre do brilho da oleosidade.

Para finalizar, o desodorante colônia nos deixa prontos para enfrentarmos os compromissos diurnos em dia com o aroma, porém, sem sentir-se sufocado na própria fragrância. Aprovado!

 

Quer fazer o teste você também? Listamos o passo-a-passo de uso dos produtos para que você tire suas próprias conclusões.

 

arte barbearia digital - NATURA 2

 

 

 

Teste de fogo

 

Exigente, temporariamente sem barba e quase “desalmado” [mentira! O cara é gente boa!] imbuímos nosso editor chefe, Leandro Queiroz, de analisar e revelar sua experiência com o teste dos produtos da linha Natura Ekos Copaíba.

 

Confira o #ExperienceBD:

 

arte barbearia digital - NATURA 3

Barbeiro Digital